• Ponto Care®

Coop chega ao top 20 do varejo farmacêutico nacional


Foto: Ponto Care


Depois de se consolidar no setor supermercadista, a Coop – Cooperativa de Consumo decidiu enveredar pelo varejo farmacêutico a partir de 2013. Em apenas oito anos, acaba de entrar para o seleto grupo das 20 maiores redes de farmácias do país, sendo a única a atuar em apenas um estado.


A divisão farmacêutica da Coop alcançou R$ 504 milhões de faturamento nos últimos 12 meses, avanço de 13% sobre o período anterior. O canal farma já representa 19% do movimento total da companhia, que chega a R$ 2,62 bilhões de acordo com a Sociedade Brasileiro de Varejo e Consumo (SBVC). A rede mantém 80 farmácias em 21 municípios da Grande São Paulo e do interior paulista, sendo 49 lojas de rua e 31 dentro de supermercados ou galerias comerciais. A mais recente foi inaugurada na unidade do BIG no bairro paulistano do Jabaquara.


A empresa atingiu esse resultado recorde sem nunca recorrer a aportes externos ou sequer transformar o modelo de negócios iniciado em 1954. Nasceu no ABC Paulista como uma central de compras dos funcionários da Rhodia, com o nome de batismo CooperRhodia, abolido em 1999. Desde a origem, o grupo atua sob o conceito de cooperativismo, que preconiza o retorno dos lucros aos pouco mais de 900 mil cooperados.


“Hoje, qualquer consumidor pode se associar a esse modelo, sem arcar com nenhuma taxa de adesão. Temos uma espécie de cashback, que prevê mais benefícios à medida que aumenta o consumo, revertido em produtos, serviços e programas de responsabilidade em parceria com governos e entidades civis, em prol das comunidades das regiões onde atuamos”, observa Gustavo Ramos, diretor executivo do negócio de Drogarias.


Gestão mais agressiva no canal farma


Ramos deixou o comando da área supermercadista no início de setembro para assumir a divisão farma da companhia, seguindo o caminho inverso do outro diretor, Eduardo Santos. A troca de cadeiras é parte de uma estratégia do grupo para oxigenar as lideranças e estimular mudanças permanentes na cultura organizacional. “A ideia é transferir para as farmácias o estilo agressivo que dá o tom às vendas em supermercado, com mais velocidade nas revisões de sortimento, precificação e layoutização do PDV”, explica.


Os planos de expansão estão fundamentados em três pilares, sendo o primeiro deles a atração de mais cooperados, número que vem crescendo 40% ao ano desde 2018. A Coop também estabeleceu como prioridade incrementar o atendimento nas farmácias, apostando em categorias como a de dermocosméticos e serviços clínicos.


A loja flagship, situada no bairro Jardim, em Santo André, conta com a sala de assistência farmacêutica Neo Care, que administra exames de glicemia e pressão arterial, testes rápidos e vacinas. O espaço é fruto de uma parceria com a Neo Química e a franquia de saúde Ponto Care.


“E para encorpar essa operação, criamos também um programa de valorização dos farmacêuticos, pelo qual custeamos integralmente a pós-graduação desses profissionais em prescrição farmacêutica e farmácia clínica, a partir de um convênio com a Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Já temos 36 colaboradores com diploma”, acrescenta.


Transformação digital


A tecnologia é outro pilar da rede, que aderiu a uma solução da Accenture, que integra os sistemas operacionais na nuvem e permite a adoção de ferramentas de inteligência artificial e big data. “Esse é o passo inicial para sermos 100% omnichannel em 2022, o que incluirá o desenvolvimento do aplicativo de vendas e um trabalho de conexão com startups. Hoje já temos 80% da base de clientes identificada, o que colabora para um atendimento cada vez mais customizado”, antecipa.


COOP – COOPERATIVA DE CONSUMO

Fundação: 1954 (em 2013 teve início a operação no varejo farmacêutico) Faturamento: R$ 504 milhões Posição de mercado: 18ª maior rede do varejo farmacêutico nacional Número de lojas: 80 farmácias (49 lojas de rua e 31 em supermercados e galerias comerciais) Área de atuação: 21 municípios (Barueri, Catanduva, Cotia, Diadema, Guarulhos, Itu, Jacareí, Limeira, Mauá, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e Tatuí)


Fonte: Panorama Farmacêutico

21 visualizações0 comentário